Buscar
  • Pascoal Maynard

Do livro "NERVURAS", Poesia em Carne Viva, de Ilma Fontes.


VADE RETRO

Marafona de Luanda

Viciada em diamba

Não me queira

Em sua cama

Não te quero nem

Como mucama

Tu é bicho que não se ama

Coisa ruim que só reclama

E quer saber mais?

Vai-te catar!

Aracaju, 2012.

II Para ela, amarela.

PARALELA

Não pegue as minhas pilhas

Não use os meus sapatos

Nem se pinte em meu espelho

Não tire meu retrato

Não me traduza

Vaza!

Aracaju, 2014.

III

Para ele, amarelo pimpão

Você perde seu tempo com brefaias e armações para ganhar mais dinheiro enquanto outros comem filé e faisão dos quais você jamais provará. Lacaios não sentam à mesa do senhor.

Só a poesia proverá as suas perdas do passado e do presente.

Aracaju, 14.05.2014.

ILMA FONTES

0 visualização
  • Facebook B&W
  • Twitter B&W
  • Instagram B&W

© 2018 Por EliasExpress.