Buscar
  • Pascoal Maynard

Cybele Ramalho expõe esculturas a partir de sexta-feira, 23


“Mutações: o feminino em diálogo com o tempo” é o tema da exposição da escultora Cybele Ramalho, que acontecerá na próxima sexta-feira, 23, na clínica-escola Profint, na rua poeta José Sales de Campos, na Coroa do Meio em Aracaju. A exposição segue até o final do mês de outubro naquele espaço.


Serão expostos trabalhos produzidos em argila e cimenta, que resulta em escultoras fantásticas. “A obra e a artista se transmutam todo o tempo, a fundir num só corpo-matéria, força e energia”, conceitua Yumah Santhu, que divide a curadoria com Elias Santos. “Mulher das tintas, do barro, mas também da escuta clínica, da vida que busca no Psicodrama a multiplicidade de papéis transformadores, que contribuem na reconstrução de vidas, onde ela nos mostra que viver também é vencer o medo, enfrentar riscos e, mesmo assim, manter-se autêntica, inteira e firme na sua arte”, complementa a curadora.

Cybele Ramalho é psicóloga e artista plástica, dedicada à produção em pintura e desenho desde 1974. Ela participou de várias coletivas e exposições individuais nacionais. Em 2017, expôs suas pinturas no Carroussel du Louvre, em Paris, e também foi destaque na Áustria. Agora, a artista desembarca sua produção em Aracaju com esculturas, trabalhadas em argila e cimento.

Com informações da assessoria da artista

14 visualizações
  • Facebook B&W
  • Twitter B&W
  • Instagram B&W

© 2018 Por EliasExpress.

Pascoal Maynard - Jornalista